Entrada > Notícias > Membro da Comissão Científica da PG em Employer Branding

Membro da Comissão Científica da PG em Employer Branding

PEA

Quando

21 > 31.12.2022 · 10:55 > 10:55

Onde

ENTREVISTA

Adicionar evento ao calendário

Formadora Paula Arriscado


Que motivos levaram à criação da Pós-Graduação em Employer Branding?
Numa altura em que a capacidade de atrair, desenvolver e preservar talento é uma evidência, esta Pós-Graduação em Employer Branding pretende dar a conhecer, incrementar e co-criar conhecimentos e habilidades para que as empresas consigam atuar, tendo por base casos práticos.
Mais do que nunca é preciso refletir criticamente sobre esta problemática e consequentemente encontrar respostas pragmáticas que ajudem a colocar as Pessoas no centro da estratégia de negócio, enquanto issue management permanente nos mais altos cargos de gestão empresarial. Também é tempo de desenhar e implementar novas dinâmicas de gestão de pessoas, modernizando as ferramentas especificas e tradicionais das áreas em conjugação com o desenvolvimento de ações de captação de leads de talento. Com esta PG pretendemos ajudar a otimizar a jornada do candidato/colaborador através de processos facilitadores, de uma preocupação genuína com as Pessoas e de uma comunicação criativa que alavanque o propósito e os valores da organização, alinhando ou mesmo fundindo a Estratégia de Employer Branding com a Estratégia de Sustentabilidade.

Quais são os principais destinatários do curso?
Pela abrangência da área, esta PG destina-se a todos aqueles que percebem que a verdadeira diferenciação das empresas faz-se pelas suas Pessoas, e pelo desenvolvimento de competências humanas, que vão ser determinantes no contacto com os clientes, na inovação e criatividade. 
Numa lógica de sistemas cooperativos e multidisciplinares, esta PG tem como destinatários profissionais da área do branding, do marketing interno ou comercial, recursos humanos, comunicação ou relações públicas que pretendam alargar competências nestas áreas, trabalhando-as de forma integrada e/ou complementar. 
Dada a necessidade de afirmar as lideranças intermédias e operacionais como os verdadeiros gestores de pessoas, destina-se a outros quadros empresariais que queiram ser mais eficazes na potenciação do talento das suas equipas e no alinhamento destas com a missão e objetivos da empresa. 
Tendo em vista a sustentabilidade do negócio, a entrega de valor ao cliente, a inovação, a criatividade e a contribuição para um mundo melhor, também aporta conhecimentos e habilidades determinantes a líderes empresariais que queiram potenciar o negócio numa lógica inside out, começando pelos Colaboradores e culminando nos Clientes.
Diria que é do interesse de gestores em geral que queiram ganhar competências na área de gestão de pessoas, que pretendem colocar as pessoas no centro da sua estratégia de negócio e que queiram desenvolver uma gestão holística e integrada de todo o negócio.

Quais foram os critérios usados para selecionar o corpo de formadores do curso?
Sendo uma área recente de aplicação prática e dada a necessidade de conjugar conhecimentos e habilidades de diferentes áreas, reunimos um corpo docente que no seu dia a dia contribui para a implementação de uma estratégia de EB. 
Assim, esta PG reúne uma equipa multidisciplinar que responde a diversas áreas e conhecimentos desde relações públicas, marketing, comunicação, RH, psicologia e gestão.
Com esta equipa pretendemos incorporar uma abordagem integrada de políticas, táticas e experiencias para se alcançar um objetivo comum - atrair e desenvolver talento para o negócio. Assim, a comunicação interna trabalha a satisfação dos colaboradores e a cultura organizacional, o marketing interno vê o colaborador como cliente e influenciador neste movimento, o marketing externo intervém junto ds trabalhadores enquanto “entregadores de valor ao cliente final”, os recursos humanos preocupam-se com as competências adequados ao negócio e os gestores com o papel dos trabalhadores nos resultados do negócio. 


Que competências irá o curso oferecer aos seus participantes?
Esta PG irá dar as ferramentas práticas e os conceitos teóricos essenciais para:
- Colocar as Pessoas no centro da estratégia de negócio;
- Desenvolver lideranças e programas de gestão e desenvolvimento de talento ajustados à convivência no trabalho de diferentes geracionais, assim como a realidades profissionais distintas (industria, comercio e serviços);
- Implementar novas dinâmicas de recrutamento, conjugadas com processos comunicacionais online e offline atrativas para as novas gerações do trabalho;
- Adaptar a cultura organizacional aos novos desafios, energizando os seus canais comunicacionais e a sua mensagem; 
- Alinhar ou mesmo fundir a Estratégia de Employer Branding com a Estratégia Sustentabilidade.

O curso assenta em parcerias? Quais as que destaca?
Este curso assente numa parceria forte com o Grupo Salvador Caetano que desde 2015 vem implementando uma estratégia de EB com a missão de posicionar a organização como o melhor local para se trabalhar, crescer e viver. Há sete anos que este grupo de empresas procura desenvolver ações com vista a otimizar a experiência da Pessoa, desde que ela sente a necessidade de procurar um emprego até ao momento da sua saída na organização. 

Quais são os benefícios palpáveis do EB? 
Saber desenhar a implementar uma estratégia de Employer Branding traz consigo diversas vantagens.
Para a realidade Interna da Organização, o EB contribui para melhoria da notoriedade e consideração da marca empregadora, para o incremento dos índices de satisfação do Candidato / Colaborador, para o aumento do número de candidaturas e para a redução dos índices de absentismo, saída e rotatividade, assim como para o desenvolvimento de lideranças transformacionais.
Para a realidade Externa da Organização, o EB colabora para a valorização da marca empregadora como catalisador de talento, para aumentar a consideração da marca comercial, para aumentar a satisfação do cliente final, assim como para incrementar a inovação e consequentemente para robustecer a rentabilidade do negócio.
Para a Sociedade as Vantagens também são muitas: valorização do capital humano, desenvolvendo talento mais competente; desenvolvimento das regiões pela qualidade do seu capital humano; e potenciação da Sustentabilidade económica, social e ambiental.
Por fim, e não menos importante, para o Indivíduo, as vantagens do EB estão associadas à gestão da marca pessoal do empregado, à conciliação da vida pessoal com a vida profissional, aumentando os índices de felicidade e a saúde mental e física e ao reconhecimento do seu papel e contributo para a organização.

 

Autor

gcrp

Partilhar