Entrada > Notícias > Diretora da Pós-Graduação em Recursos Culturais para Negócios

Diretora da Pós-Graduação em Recursos Culturais para Negócios

PEA

Quando

31 > 31.12.2019 · 15:05 > 15:05

Onde

Instalações do ISCAP

Adicionar evento ao calendário

Professora Carina Cerqueira


· Que motivos levaram à criação da Pós-Graduação em Recursos Culturais para Negócios?

A criação do Curso de Pós-Graduação em Recursos Culturais Aplicados aos Negócios concentra-se na formação de profissionais competentes e orientados para o mercado de trabalho na área específica da Cultura aplicada aos Negócios quer em âmbito empresarial ou institucional. Tem por base a prática do reconhecimento, interpretação e aplicabilidade cultural enquanto área essencial que concorre para o sucesso, desenvolvimento socioeconómico, internacionalização e integração das organizações e empresas.

· Qual o objectivo da Pós-Graduação e que especificidade apresenta?

O Curso de Pós-Graduação em Recursos Culturais Aplicados aos Negócios pretende responder às necessidades de uma formação adequada às competências exigidas pelo mercado, fornecendo ferramentas, técnicas e treino intensivo em dinâmicas culturais, que visam instigar a comunicação e o empreendedorismo cultural enquanto aptidões para singrar no mercado de trabalho.

Desta forma, a estrutura pedagógica da Pós-Graduação em RCAN permite reforçar e alargar as competências na área do reconhecimento da Cultura enquanto potencial transformativo social e económico, e oferecer uma especialização de natureza profissional de qualidade, actual e potenciadora de novas práticas sociais e profissionais. Será ainda veículo para a transmissão e problematização das diferentes abordagens teóricas dos Estudos da Cultura e Interculturalidade, para formar intérpretes culturais críticos e interventivos na análise e aplicação de diferentes paradigmas e abordagens, éticas e deontológicas, inerentes ao reconhecimento e dinamismo cultural no cenário urbano. Promove a introdução de elementos inovadores na formação integral do profissional da área da Cultura, comunicação linguística e empreendedorismo, fazendo uso de um conjunto variado de meios técnicos, de que se destaca o recurso a trabalho de campo e interactividade com as empresas do sector.

Também oferece a outros públicos, como por exemplo, engenheiros, economistas, juristas, entre outros, a possibilidade de frequentarem um Curso que lhes permita adquirir competências que potenciam a valorização da sua prestação de serviços enquanto intérpretes culturais, neste caso em particular nas suas áreas de especialização.

· De que forma poderão os Recursos Culturais contribuir para o sucesso de um negócio?

Os diversos módulos programáticos inseridos na Pós-graduação RCAN foram criteriosamente estruturados de forma a dinamizar o reconhecimento e utilização dos recursos culturais enquanto ferramentas para o desenvolvimento de competências económicas concretizadas na edificação de formandos empreendedores. Os módulos distribuídos ao longo de dois semestres visam amplificar os conhecimentos do mercado cultural interno e externo, promover capacidades Linguísticas e dinamizar a desconstrução dos velhos paradigmas que opõem cultura e economia.

Focalizamos o especial cuidado na selecção de Línguas a leccionar no curso de Pós-graduação em Recursos Culturais Aplicados aos Negócios: Língua Inglesa, Língua Alemã, Língua Espanhola, Língua Chinesa (Mandarim) e Língua Árabe. Como acção introdutória a opção recai sobre a Língua Chinesa (Mandarim) e a Língua Árabe enquanto mercados emergentes, com actuação crescente no mercado português, visível no aumento do turismo proveniente destes pontos geográficos, mas também, da crescente procura para edificação de diálogo comercial entre Portugal e a China e/ou o mundo árabe. A opção pela Língua Inglesa enquanto Língua de trabalho e de desenvolvimento é evidente, trata-se de uma língua de comunicação universal, abrangente e intrínseca ao mundo internacional, na área do turismo e diálogo comercial e social. A Língua Alemã e a Língua Espanhola são uma opção fruto da análise ao fluxo turístico e comercial entre Portugal e os países em questão. As opções Linguísticas promovem a interacção e aprofundamento das relações sociais e económicas com as nacionalidades que mais interagem com Portugal.

Preponderante na estruturação do RCAN é também a ligação ao contexto profissional enquanto foco primário desta formação. Tal será possível através da estreita ligação com o mundo empresarial, e com a presença de convidados da área da especialidade nos módulos específicos.

· Quais foram os critérios usados para selecionar o corpo de formadores do curso?

O corpo docente que lecciona a Pós-Graduação em Recursos Culturais Aplicados aos Negócios incorpora académicos e Académicos com experiência profissional, permitindo uma ligação inequívoca com o exterior e com o mercado de trabalho. Dotados de uma longa experiência pedagógica e uma profícua actividade investigativa nas suas áreas de especialização, constituem uma mais-valia na edificação de uma oferta formativa completa, actual e em perfeita consonância com as mutações do mercado de trabalho.

· Que mais-valias irá o curso oferecer aos seus participantes?

O curso de Pós-Graduação em Recursos Culturais Aplicados aos Negócios oferece aos seus formandos uma rede de competências na área da Cultura, Empreendedorismo, Turismo e Gestão – uma estrutura interdisciplinar que visa promover o dinamismo cultural e económico enquanto espaço para a implementação de profissionais mais capazes, mais reconhecedores do mercado e das suas mutações e mais actuantes, enquanto elementos transformadores do tecido empresarial, social e económico português.

Autor

gcrp

Partilhar